Blog do Rodrigo Westarb

Conheça a Belga Bruges, a Veneza do Norte

 

Como posso resumir a simpática Bruges?

…É simplesmente voltar na era medieval

Foi em 2015 que tive a oportunidade de conhecer a Holanda e Bélgica, dois países simplesmente incríveis. A Holanda já era muito conhecida em meu meio profissional, por conta da tecnologia de ponta aplicada em seus portos e o modo inteligente de projetar seus infinitos canais e terminais portuários.

Não podemos esquecer que a pequena Holanda fica abaixo do nível do mar, seu território precisa ser drenado de forma continua e funcional.

 

 

Mas não é da Holanda que iremos falar hoje, será sobre a pequena Bruges, cidade Belga simpática e totalmente medieval.

Bruges é a capital da província de Flandres, região Ocidental da Bélgica, muitos conhecem por seu apelido: “Veneza do Norte”, uma comparação a cidade italiana pelo seu estilo romano e inúmeros canais que cercam-na.

Chegamos na segunda quinzena de Março de 2015, fazia muito frio, mesmo estando no final do inverno as temperaturas beiravam alguns dígitos negativos, porém esse frio nos proporcionava charme, apontando aquelas grandiosas obras arquitetônicas, nomes internacionais que conhecíamos apenas por livros.

 

 

Nossa estada foi em um Hotel medieval, onde os quartos tinham seus pés direitos acima de quatro metros, todo em estilo germânico gaulês, o sentimento era que estávamos na era medieval. Imaginem que Bruges foi fundada em 1128 D.C e foi neste mesmo ano que foram construídas várias muralhas e grandes canais para impedir as invasões de inimigos. Tive a oportunidade de ver com meus olhos e “mãos” um mapa de 1213 D.C mostrando as edificações e seus respectivos canais fluviais, foi simplesmente emocionante ver e conhecer a história dessa cidade de perto.

 

 

Se você assistiu ao filme: “Os caçadores de obras primas”, você verá muitas imagens e conhecerá mais sobre a potência histórica que Bruges representa para a Europa.

Nela encontra-se obras de Michelangelo, pinturas de Hans Memling e Jan van Eyck e diversos outros mestres, “deuses” da história da arte.

Agora deixarei vocês “saborearem” Bruges por fotos e um breve/simples vídeo, sem edições para vocês terem a noção do passeio de carruagem que a cidade proporciona. (Guia Francês, tradução simultânea de Ligia).

 

Registro aqui também, minhas melhores felicitações para 2018, com muitas viagens e sonhos a serem realizados.

“Acredite em você, descubra-se, conquiste-se e ganhe o mundo…”

Um abração e até a próxima!

 

Sigam-me no Instagram @rodrigowestarb

 

 

Publicidade

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Twitter e curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.