Rio Negro

Casal constrói casa sustentável, em Rio Negro

A Casa Bromélia está sendo construída na cidade de Rio Negro – PR, em uma área de mata nativa de 16.000 m² com 188 m².

 

Uma casa está sendo projetada em meio à mata Atlântica a fim de conscientizar sobre o consumo consciente de recursos naturais, reaproveitamento de materiais e conta com projeto arquitetônico para aproveitar os espaços para melhor uso da iluminação. O proprietário da residência Gabriel Zahdi e a esposa Camila Kozak Zahdi estão a frente do projeto Casa Bromélia – Casa Sustentável, instalada na cidade de Rio Negro – PR, em uma área de mata nativa de 16.000 m² com 188 m² em construção. O casal irá morar na residência depois de concluída, ela foi projetada preventivamente para redução e reaproveitamento do consumo de água. Possui com conforto térmico, vidros duplos, ventilação, iluminação natural e iluminação de led, geração de energia elétrica, tratamento de efluentes e compostagem.

 

O projeto de construção da casa teve início em 22 de março e tem prazo estimado para conclusão de sete meses.

 

O nome “Casa Bromélia” também foi escolhido devido a espécie encontrada em abundância em meio a mata Atlântica. Conforme Gabriel e Camila a ideia de construir uma casa sustentável surgiu com a percepção de mudança de estilo de vida “Buscamos preservar a natureza, onde se pode vivenciar a mesma tanto fora quanto dentro de casa, onde o respeito à natureza move a construção desta residência que contará com certificação sustentável. Com o projeto temos a oportunidade de provar que é possível seguir processos de sustentabilidade em qualquer residência familiar. O grande incentivo é inovar e viver rodeado do meio natural sem ferir a integralidade local”, destaca o casal.

 

O empreendimento está em busca da Certificação de Sustentabilidade avaliada pela certificadora internacional GBC – Green Building Council®, com a intenção de fornecer ferramentas necessárias para projetar, construir e operar residências com alto desempenho e práticas sustentáveis.

 

 

Segundo Gabriel, o projeto conta com diversos parceiros de diferentes setores e empresas riomafrenses. “Possuímos diversos parceiros locais que estão sendo desenvolvidos, todos escolhidos com o objetivo de integrar e desenvolver a economia local por meio da sinergia destes profissionais, almejando no momento obter novas parcerias para compor a equipe desde a construção à finalização da casa”, pontua.

 

O sistema construtivo principal é do tipo convencional, com estrutura de concreto armado e alvenarias, suas variações entre tipo cerâmica 8 furos e blocos solo-cimento. Contendo pergolas e brises metálicos. O projeto de construção da casa teve início em 22 de março e tem prazo estimado para conclusão de sete meses.

 

 

A Casa Bromélia será a segunda casa no estado do Paraná a obter a Certificação GBC Brasil Casa®, posteriormente atendidos aos requisitos e créditos solicitados pela certificadora avaliando a residência, sua envoltória e a integração com a comunidade.

 

O projeto da Casa Bromélia tem objetivo de estabelecer um novo modelo de habitação com a utilização de materiais e processos sustentáveis, destacando o compromisso de seus patrocinadores com o meio ambiente e a responsabilidade social por meio de divulgação local e nacional com utilização de mídias impressas e digitais.

 

Sobre a Certificação GBC Brasil Casa® – visa promover a transformação do setor da construção por meio de estratégias desenvolvidas para alcançar sete objetivos:

– Mitigação dos impactos da mudança climática;

– Melhoraria da saúde humana e bem-estar do ocupante;

– Proteção e restauração de recursos hídricos;

– Proteção e restauração da biodiversidade e os serviços ecossistêmicos;

– Desenvolvimento da economia verde;

– Aumento da comunicação e educação, contribuindo para o aumento da equidade social, justiça ambiental, saúde comunitária e qualidade de vida.

 

Com informações de Paula Patussi/Nativa Comunicação Integrada

 

Publicidade

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Twitter e curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.