Blog do Rodrigo Westarb

Zürich: dinheiro, diamantes e cristais

Árvore de cristal Swarovski

 

A origem linguística do nome Zurich ou seu significado não podem ser determinados, embora algumas possibilidades sejam aventadas. O mais provável é que tenha vindo das línguas raetia, celta ou galês. O fato é que uma forma mais germânica apareceu ainda no século VI, quando a palavra já tinha a escrita de Ziurichi. A partir do século X, o nome se estabeleceu como Zürich. Para o português, usamos Zurique.

 

A cidade é um importante centro financeiro do mundo, ficando atrás apenas de Londres no ranking europeu na lista de 2017. O setor mais importante da economia é o de serviços, que emprega cerca de 45% dos trabalhadores. Outras indústrias importantes são as de energia, maquinaria e têxteis, também tendo destaque o turismo. A maioria dos bancos suíços possuem suas bases na cidade.

 

Avenida das grifes em Zurique

 

Quando estive lá, em 2015, pude perceber a grande força financeira impulsionada pela venda de joias e cristais. O que me chamou atenção foi logo na entrada da estação de trens, uma árvore natalina de cristal, com mais de 20m de altura da empresa Austríaca cristais Swarovski, simplesmente fantástica. Como era época natalina, me surpreendi com a Avenida Bahnhofstrasse, a rua das grifes, com centenas de milhares cristais iluminando o céu, todos flutuantes, aquela decoração chamava a atenção e qualquer turista, algo visionário aos olhos dos consumistas de plantão.

 

Zurique é uma cidade que qualquer turista gostaria de conhecer, ela tem uma diversidade enorme de atividades para todas as idades, gostos e bolsos. Suíça não é um pais caro, eu visualizo com um país que preza pelo conforto e qualidade nos produtos que comercializa.

 

Quando estiver por Zurique, não deixe de forma conhecer o Museu Nacional Suíço (Museumstrasse 2, 8001 Zürich), lá você encontrara informações ainda desconhecidas por nós brasileiros, vale a visita.

 

 

Zurique também é conhecida pelos bancos, ou pelo número de políticos ou de figuras públicas que “escondem” seu dinheiro lá (risos). Suíça é um dos lugares mais seguros do mundo para investir, pode também ser conhecida como paraíso fiscal, porém, não quer dizer que ela atrai dinheiro ilícito. Suíça é conhecida por ser um país neutro a guerras ou outros tipos de conflitos, fazendo com que seja um dos lugares mais seguros do mundo para guardar seu dinheiro, uma bolsa de valores invejável a qualquer pais do mundo, estabilidade linear e certa!

 

Esse é o grande segredo de Zurique, a cidade é regada por investidores de joias, cristais e grifes europeias, fazendo de sua imagem uma peça única no turismo mundial.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.