Rabiscando entre linhas

Como seria o mundo sem arte?

Hipnotizada com cada pincelada dada na tela, passo a visualizar a vida em cores, a arte é um modo de fugir da realidade, expressar aquilo que sentimos sem falar e teletransportar-se a um mundo liberto onde podemos encontrar a sensibilidade não somente na sua execução, mas também sua história, sua variação dentre os lugares e séculos.

 

Na arte podemos eternizar cada instante, como um quadro ou uma simples fotografia, ao retratar a natureza mostramos às pessoas uma das mais belas artes presentes no mundo real, as quais as pessoas não notam por estarem tão preocupadas com coisas banais. Mostrar as coisas boas, sentimentos bons usando tons vivos e chamativos, transmitir que a verdadeira beleza está em cada canto.

 

A música é um tipo de arte que se propaga pelos sons, que servem de portal para os seus sentimentos mais profundos, ela desperta a emoção nas pessoas, a música é amor, tristeza, felicidade, decepção e adoração, a mesma completa as pessoas, independente do que estão sentido.

 

Dançar é escrever poesia com a mente e o corpo, é libertar a alma para expelir qualquer angústia, desobstruir os pensamentos mais profundos por meio dos movimentos mais improváveis, desprender-se do medo e dançar de acordo com o som das batidas do seu coração.

 

Se expressar não tem limites, sinta, se faça por inteiro apenas por fazer aquilo que gosta, crie sua própria arte, mas nunca deixe de tentar.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.