A mil por hora

Descubra como é fabricado um carro de Stock Car

 

Enquanto os esportes de velocidade estão de férias, a coluna “A mil por hora” vai mostrar os bastidores de algumas categorias. Vamos começar com a Stock Car. Você sabe como é a fabricação do carros da Stock? Descubra qual é o modelo usado, além de onde e como são feitos os veículos.

 

Ao ver as corridas e ouvir o ronco dos motores os espectadores não imaginam todo o processo de criação que há nos bastidores da categoria. Apesar de haver montadoras participantes da Stock, como a Chevrolet, os modelos são totalmente diferentes dos veículos de passeio e não são encontrados a venda. Além disso, a principal curiosidade é que a produção é nacional.

 

Até 1999 o modelo usado era o Chevrolet Omega, este sim modelo de passeio produzido pela Chevrolet. Porém, com a expansão da categoria o cenário mudou. Os 33 carros competidores são fabricados no Brasil pela JL, com peças próprias da fábrica e algumas fornecidas especialmente para os carros por fornecedores especializados (como os pneus e as rodas que já vêm prontos).

 

Ao todo são 15 mil peças que formam o carro, sendo 4 mil delas de produção própria da JL. A linha de montagem fica na cidade de Cotia a 30 km de São Paulo. A empresa pertence ao ex-piloto Zeca Giaffone, campeão da Stock Car em 1987, e seu filho Zequinha, e tem mais de 30 anos de experiência na fabricação de carros de corrida.

 

Motor JL é um 8 cilindros e capacidade de 6,2 litros na fabricação. Fonte: site JL

 

O carro, JL-G09, é desenhado de acordo com as necessidades dos circuitos de corrida e são fabricados de forma a terem motores equalizados, ou seja, as equipes estão equiparadas por regra da própria Stock. Dentro da fábrica da JL, existe uma linha de montagem que vai do projeto de concepção do carro até sua montagem completa. O processo todo leva cerda de um mês. Inicialmente é montado pelos funcionários da fábrica e depois finalizado e pintado pelas próprias equipes de corrida. Além de serem testados antes que cheguem as pistas garantindo a segurança e eficiência das peças e do motor, principalmente.

 

No design da carroceria, aí sim cada carro é feito para se parecer com algum modelo da montadora patrocinadora da equipe. A Chevrolet, por exemplo, tem o Cruize na temporada 2018. Mas, o campeonato já teve outras marcas (Mitsubishi, Volkswagen e Peugeout). Os pneus são da marca Pirelli e as rodas da OZ. A gasolina utilizada é a Podium, da Petrobrás, com formulação exclusiva para as corridas.

 

Ficha Técnica do JL-G09

Modelo: G09

Cilindros/Cilindrada: 8/6,2 cm³

Potência Máxima: 500 cv

Torque máximo: 450 0Nm

Velocidade Máxima: 270 km/h

Peso Mínimo: 1.320 kg (incl. o piloto)

 

Fonte: Stock Car, equipe Red Bull, Globo Esporte, Agência AN09, Indústrias JL

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.