Mafra

Alunos da Educação Infantil têm aulas regulares de inglês, educação física e artes, em Mafra

 

A secretaria de Educação de Mafra apresentou neste ano uma inovação nos 14 Centros de Educação Infantil do município. Aulas de educação física/psicomotricidade e arte/musicalização foram implantadas a todas as crianças do Maternal e Jardim, cujas disciplinas estão sendo ministradas por profissionais específicos da área.

 

Também foi inserido o ensino da língua inglesa para alunos do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental na grade curricular. Até então, somente duas escolas da rede tinham esse privilégio.

 

O projeto foi aprovado pelo Conselho Municipal da Educação no final do ano passado para garantir a equidade de condições a toda clientela da rede municipal. A iniciativa compreende a necessidade das disciplinas especificadas para o desenvolvimento integral da criança em todas as áreas, principalmente nas questões motoras, artísticas e de novas linguagens. Assim os professores podem trabalhar um planejamento com experiências de aprendizagem mais eficazes e escolhas didáticas mais significativas.

 

 

A secretária de Educação Estela Maris Bergamini Machado falou da importância de se começar a introduzir essas disciplinas no Maternal e no Jardim. “A musicalização desenvolve na criança, além da sensibilidade à música, concentração, coordenação motora, sociabilização, audição, respeito a si próprio e ao grupo, destreza do raciocínio, disciplina pessoal e equilíbrio emocional”, declarou. Para ela, o objetivo foi garantir uma educação ampla sem distinção com as mesmas condições de aprendizagem a todos os estudantes.

 

Organização do espaço

No caso da educação física, em cada fase do desenvolvimento psicomotor, os movimentos vão se desenvolvendo e se aperfeiçoando conforme as necessidades e o meio em que a criança se encontra.

 

Para a diretora do CEIM Fiorige Bona e professora com formação em Letras Português/Inglês, Tania Kruger Heiden, a introdução de língua inglesa representa um mundo novo para as crianças. “É a apresentação de uma outra língua que não a materna, de forma lúdica e prazerosa. Uma iniciação para um aprendizado significativo, sem bloqueios ou medo do novo”, explicou.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.