Gestão e Empreendedorismo

Gestão Pública

 

A gestão surgiu quando após a revolução industrial, os profissionais decidiram buscar soluções para problemas que não existiam antes, usando vários métodos de ciências para administrar os negócios da época, o que deu início a ciência da administração, pois é necessário o conhecimento e aplicação de modelos e técnicas administrativas.

 

Gestão significa gerenciamento, administração, onde existe uma organização pública, uma empresa, uma entidade social de pessoas, a ser gerida ou administrada.

 

Com a agitação política na qual vive o Brasil, a Administração Pública passou a ser um assunto em evidência e as atividades que envolvem os setores, tanto público quanto privados, ganharam mais destaque.

 

Além da gestão pública, trabalhar técnicas administrativas também utiliza de outros processos de apoio como o direito, a contabilidade, economia, psicologia, matemática e estatística, sociologia, informática, entre outras. A gestão de pessoas é uma parte essencial da gestão administrativa.

 

O gestor público é o profissional responsável por planejar e gerenciar as organizações públicas (nas esferas Municipal, Estadual e Federal) e as organizações não governamentais, além de desenvolver projetos de empresas privadas realizados em parceria com o poder público.

 

Um gestor público deve elaborar planejamentos, definir objetivos, fixar as metas a alcançar, analisar e conhecer os problemas a enfrentar, solucionar os problemas, organizar recursos financeiros, tecnológicos, ser um comunicador, um líder, ao dirigir e motivar as pessoas, tomar decisões precisas e avaliar, controlar o conjunto todo.

 

O líder é fundamental para uma gestão pública moderna e eficiente. É ele quem conduz a equipe para o alcance dos resultados esperados por sociedade e governos.

 

Quais devem ser as características deste líder para que consiga entregar resultados com eficiência?

  • Gestor com perfil técnico, com profundo conhecimento da área em que atua. É pragmático.
  • Admirado pelo carisma, pela capacidade de estabelecer conexões com as pessoas da equipe e motivá-las por resultados.
  • Gosto pelo consenso, pelo diálogo com a equipe para fundamentar as decisões. É colaborativo.
  • Possui as características comuns a todos os tipos de liderança, empregando-as conforme a necessidade e o ambiente de trabalho em que está.
  • Conhecer-se e saber lidar com as pessoas – desenvolvimento da inteligência emocional (importância do QE).

 

“Há o mito do super-herói no setor público, aquele que acumula as decisões, que é referência para os demais, porém o gestor público moderno precisa horizontalizar o trabalho e dar mais poder à equipe, motivando-a e ao mesmo tempo cobrando resultados”. A meritocracia (Competência e Técnica) na gestão pública e o progresso andam de mãos dadas.

 

“Um gestor incompetente é tão nocivo quanto um corrupto”.

 

– Continua após a publicidade –

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.