Mafra

“Café com Cultura” promove troca de experiências em Mafra

 

Propor um caminhar em conjunto, unindo forças, conhecimentos, experiências e, principalmente, vontade de resgatar, redescobrir e divulgar a cultura, em todas as suas formas. Esse foi o objetivo principal do “Café com Cultura”, realizado na noite de quarta-feira (13), no Hotel Alyss.

 

O evento reuniu cerca de 25 mulheres representantes de diversos segmentos culturais e transcorreu de forma simples, como um bate papo descontraído, embalado por músicas reproduzidas por discos de vinil.

 

Todas as presentes falaram de suas experiências e de sua paixão pela arte que desenvolvem. Na troca de experiências, muitas tomaram conhecimento, pela primeira vez de projetos inovadores e que buscam exatamente trazer um pouco mais de cultura para os lares mafrenses.

 

Música na sala de estar

Um exemplo foi apresentado pela Coordenadora do Núcleo Mafra “House Music” e professora de piano, canto e teclado, Maria Aparecida Coelho. O projeto objetiva levar a música para as salas de estar das famílias, com apresentações feitas para poucas pessoas, nas próprias casas, reunindo somente a família e amigos. Ela falou ainda da importância e da necessidade das pessoas valorizarem suas origens e saberem de onde vieram.

 

A primeira dama do município, Iara Bielecki, lembrou que em setembro do ano passado, Mafra iniciou a Festa das Etnias, como parte das festividades de aniversário do município. “A Festa das Etnias foi o primeiro passo dado. Plantamos a semente que deve certamente prosperar, fazendo com que a festa de Mafra tome um rumo mais cultural”, declarou. Ela disse ainda que o Executivo mafrense está de portas abertas para a cultura local.

 

Raízes de um povo

A diretora de Cultura de Mafra, Eliane Villas Boas Stralasson falou que o “Café com Cultura” teve por finalidade reunir representantes de alguns segmentos culturais de Mafra, para ouvir os anseios e compartilhar experiências. “Acredito muito na força das mulheres unidas e nas parcerias”, declarou.

 

Eliane convidou também todas as presentes para promover o resgate da cultura mafrense, preservando as tradições trazidas pelos povos imigrantes que colonizaram a região.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.