Rio Negro

Família busca respostas para desaparecimento de Bruno Morais Kahl

 

A família do rionegrense Bruno Morais Kahl, de 31 anos, ainda busca respostas para seu desaparecimento. Ele saiu de casa para ir até uma oficina mecânica e nunca mais retornou. O desaparecimento de Bruno completará 30 dias nesta segunda-feira (15) e ainda não existem pistas sobre o seu paradeiro.

 

Segundo a esposa de Bruno, Fernanda dos Santos, ele sempre foi um marido presente e um pai atencioso. Os dois são casados há 7 anos e têm um filho de um ano e seis meses.

 

– Continua após a publicidade –

 

Bruno também tem um filho de 11 anos de seu primeiro casamento e o motivo de morar em Rio Negro, foi justamente para ficar mais próximo dele.

 

Sem respostas, Fernanda queria ter apenas alguma informação ou conclusão para o caso. “Já o procuramos por toda parte. Os filhos choram e pedem pelo pai dia e noite. A gente não dorme mais e não sabe o que fazer. Se alguém fez mal a ele, que nos diga, deixe uma pista, uma informação, mesmo que de forma anônima”, implorou.

 

 

Bruno saiu no fim da tarde do dia 15 de março para buscar seu veículo em uma oficina e desde então, não apareceu. No sábado (16), o mecânico procurou a família para informar que o veículo estava pronto, e ao ser perguntado sobre o paradeiro do desaparecido, ele alegou que no dia anterior, Bruno teria ido até a oficina, porém o conserto do carro ainda não estava finalizado.

 

O mecânico informou que também deu carona para Bruno e o deixou na rua em frente ao Sesi de Rio Negro, local onde foi visto pela última vez.

 

Quaisquer informações que possam ajudar em sua localização podem ser passadas no telefone (47) 3642-1557 da Polícia Civil ou no contato da família (47) 99242-3946.

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.