Rio Negro

Rio Negro recebe primeira família refugiada da Venezuela

 

“Rio Negro nasceu há quase 200 anos com povos refugiados, que saíam da guerra em busca de uma vida melhor. Agora, os descendentes destes povos têm a oportunidade de retribuir nossos irmãos, que também precisam sair de suas nações em busca de dignidade”. A frase é do padre Rafael Fuchs em entrevista ao Riomafra Mix sobre a acolhida da primeira família venezuelana, em Rio Negro.

 

A família foi acolhida nesta quinta-feira (11) pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida, através do programa “Caminhos de Solidariedade Brasil e Venezuela”.

 

A igreja assumiu as despesas de aluguel, luz, água e ajuda na alimentação por 12 meses. Neste período a família também vai ganhar capacitação profissional e recolocação no mercado de trabalho.

 

“A comunidade se juntou e mobiliamos a casa com móveis, eletrodomésticos, roupas de cama, mesa e banho e até brinquedos para as crianças. O principal pedido neste momento é o leite e fraldas para uma criança de quase 2 anos”, diz o padre.

 

Ainda segundo o padre Rafael, com as sobras das doações a igreja vai organizar um bazar. O lucro será revertido para cobrir as despesas.

 

A família é formada pelo casal, a avó e dois filhos. A pedido da igreja, a reportagem não vai divulgar o endereço e o nome deles neste primeiro momento.

 

 

Serviço

Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Avenida Afonso Petschow, 2840 – Rio Negro

(47) 3645-0364

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.