Notícias

Por suspeita de aplicar golpe, Justiça e Prefeitura de São Bento do Sul negam pedido de alvará para Funerária São Gabriel

Segundo os procuradores da Prefeitura São Bento do Sul, o caso merece destaque porquê de fato há fortes indícios da simulação da real condição de Amarilson Huttl junto a Funerária São Gabriel.

 

Depois de ter o pedido de alvará negado pela prefeitura municipal de São Bento do Sul, a Funerária São Gabriel tentou na Justiça exercer o serviço de prestação do serviço funerário na cidade, mas o pedido também foi indeferido pela juíza.

 

Segundo os procuradores de São Bento do Sul, no “Requerimento de alvará e decisão de indeferimento”, além da cidade não comportar mais uma prestadora de serviço funerário, a direção da empresa tem fortes indícios de ausência de inidoneidade.

 

“Em razão da inidoneidade pessoal de Amarilson Huttl, que responde a 13 processos judiciais nas comarcas de Itaiópolis, Mafra e São Bento do Sul, incluindo duas ações penais por estelionato e uma ação penal por delito de trânsito”, destaca o documento.

 

A afirmação é reforçada pelo próprio Ministério Publico de Santa Catarina, que em ação ajuizada contra Amarilson, diz que o suspeito abordava os associados do plano assistencial e oferecia para assessorar os clientes na cobrança do seguro DPVAT. Em pelo menos um dos casos confirmados, o valor do seguro nunca foi entregue às vítimas, e quando as famílias reclamavam o não pagamento do benefício, a alegação sempre era a falta de documentação.

 

Após ciência dos mesmos crimes, a prefeitura de Mafra caçou o alvará da filial da Funerária São Gabriel na cidade, em maio de 2017. No mesmo mês, a empresa conseguiu voltar a atuar por meio de uma liminar. O município apelou da sentença e o recurso, que está para julgamento, já recebeu parecer do Ministério Público no sentido favorável à prefeitura de Mafra.

 

Diante das denúncias, cabe perguntar por que a prefeitura de Rio Negrinho ainda não tenha se manifestado sobre o assunto.

 

Leia a íntegra

Requerimento de alvará e decisão de indeferimento

Decisão da Justiça 

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.