Saúde

Quais as causas, sintomas, diagnóstico e tratamento para a pneumonia?

 

Com a chegada do inverno, há um aumento significativo no número de doenças respiratórias, como gripes, resfriados, asma e até mesmo pneumonia.

 

A pneumonia é uma doença inflamatória aguda que compromete os pulmões e é responsável por um grande número de mortes de crianças menores de cinco anos.

 

– Continua após a publicidade –

 

O que pode causar a pneumonia?

  • Vírus
  • Bactérias
  • Fungos
  • Inalação de produtos tóxicos

 

Como ocorre a transmissão?

  • Ar
  • Saliva
  • Secreções
  • Transfusão de sangue
  • Mudanças bruscas de temperatura

 

Quais os principais sintomas?

  • Tosse com secreção
  • Febre alta (que pode chegar a 40°C)
  • Calafrios
  • Falta de ar
  • Dor no peito durante a respiração

 

Como é feito o diagnóstico?

Deve ser feito pelo médico, através da história do paciente, do exame físico e raio-x do tórax. Exames laboratoriais também podem ser necessários para identificar a causa da doença.

 

Qual o tratamento?

O tratamento depende do micro-organismo causador da doença. Nas pneumonias bacterianas, deve-se usar antibióticos receitados por um médico. Quando a pneumonia é causada por vírus, o tratamento inclui apenas medicamentos para aliviar os sintomas.

 

Como se prevenir da doença?

  • Lavar as mãos com frequência
  • Não fumar e evitar que a criança tenha contato com fumantes
  • Evitar locais com acúmulo de pessoas em ambiente mal ventilados
  • Manter as vacinas em dia
  • Evitar mudanças bruscas de temperatura (ex: sair de um local aquecido para outro muito frio)
  • Lavar sempre as narinas com soro fisiológico, isso mantém o bom funcionamento dos pêlos que funcionam como um filtro do ar inspirado.

 

A pneumonia pode ter complicações graves, por isso, previna, e se necessário procure o médico de seu filho.

 

Serviço

Dra. Michelli Cristine Kalil

Médica pediatra

(47) 3642 9153

(47) 99701 3842

Facebook: Consultório Pediátrico Dra. Michelli Kalil

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.