Saúde

Campanha contra a gripe vacinou 52% dos catarinenses de grupos prioritários

 

O prazo final da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe será no dia 31 de maio. Até lá, Santa Catarina precisa alcançar uma cobertura vacinal de, ao menos, 90% dos grupos prioritários, segundo meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

 

No entanto, de acordo com o balanço divulgado nesta terça-feira (14) pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), apenas 52,48% das pessoas que fazem parte do público-alvo procuraram as unidades de saúde para tomar a vacina.

 

De acordo com a gerente de imunização da DIVE/SC, Lia Quaresma Coimbra, com a queda nas temperaturas, a preocupação aumenta, principalmente entre as pessoas que fazem parte dos grupos de risco como crianças, idosos e gestantes. Por isso, a importância da imunização.

 

“O vírus da gripe circula o ano todo, mas a transmissão é maior no inverno, quando as pessoas buscam se abrigar do frio em ambientes fechados. A vacina é capaz de promover imunidade durante todo esse período de maior circulação dos vírus, reduzindo o agravamento”, explica a gerente.

 

Em Santa Catarina, fazem parte dos grupos prioritários pouco mais de 2 milhões de pessoas.

 

Cobertura vacinal por grupo

  • Crianças (6 meses a menores de 6 anos): 50,68%
  • Gestantes: 49,73%
  • Trabalhadores da saúde: 42,35%
  • Mães até 45 dias após o parto: 68,44%
  • Povos indígenas: 65,71%
  • Idosos com 60 anos ou mais de idade: 66,23%
  • Professores: 53,78%
  • Portadores doenças crônicas e condições especiais: 40,95%
  • População privada de liberdade e funcionários: 19,65%
  • Funcionários do sistema prisional: 24,18%
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento: 21,43%

 

Com informações do Governo de Santa Catarina.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.