Mafra

Mafra recebe feira de serviços e atrações em defesa à luta antimanicomial

Integração, empatia e valorização da vida foram os objetivos da feira de serviços e atrações “Cuidado em Liberdade” que aconteceu neste sábado (18), na Praça Ferroviário Miguel Bielecki.

 

O evento, alusivo ao Dia da Luta Antimanicomial, foi promovido pelo Centro de Atenção Psicossocial de Mafra (CAPS I Casa Azul), como forma de enfatizar a importância do apoio e do cuidado em liberdade.

 

– Continua após a publicidade –

 

Este ano foram comemorados os 32 anos da luta contra os manicômios. Em dezembro de 1987, trabalhadores da saúde mental reunidos na cidade de Bauru (SP) redigiram o manifesto que marcou o início da luta antimanicomial no Brasil, o que representou um marco no combate ao estigma e à exclusão de pessoas em sofrimento psíquico grave. O manifesto inaugurou uma nova trajetória da reforma psiquiátrica brasileira.

 

Participação

Os usuários dos serviços de saúde mental de Mafra participaram do evento, expondo e vendendo seus trabalhos de artesanato. Também foram realizadas apresentações dos corais dos CAPS de Mafra e Rio Negro, além do grupo de dança Gaúcho Doido, do CAPS de Itaiópolis.

 

A professora e voluntária Carla Lenhardt realizou um aulão de dança entre os presentes na feira. Também participaram do evento a secretaria da Assistência Social; a Polícia Militar; a Associação Terapêutica Novo Amanhecer (Atena); o projeto Circo Social, a fanfarra do Colégio Barão de Antonina; entre outros.

 

Serviços de saúde

Na ocasião, profissionais da secretaria de Saúde, juntamente com acadêmicos da Universidade do Contestado (UnC) e alunos voluntários do Centro de Educação Profissional (Cedup), realizaram também atendimentos de saúde como auriculoterapia; testes rápidos de HIV, hepatite e sífilis; vacinação contra a influenza (gripe), além de avaliação e orientação odontológica.

 

Plante essa ideia

Outra ação realizada durante a feira foi a distribuição de mudas do projeto “Plante essa ideia”, que trouxe ainda orientações sobre plantas medicinais e degustação de chás. Esta iniciativa do CAPS I não se limita à feira de serviços e atrações. Conforme a unidade, existem mudas disponíveis e os interessados podem buscá-las na sede do CAPS I Casa Azul, na Rua José Boiteux, nº 1138.

 

navigate_before
navigate_next

 

Com informações da secretaria de Saúde de Mafra.

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.