Saúde

Vício em clareamento dental: dentista explica os riscos de exagerar no tratamento

Quando o paciente deseja repetir compulsivamente o clareamento dental é considerado um vício chamado de bleachorexia.

 

Seja por motivos estéticos, por moda ou pela autoestima, a busca incessante por um sorriso perfeito é cada vez mais comum. Não é à toa que um dos tratamentos mais populares é o clareamento dental.

 

Mas a procura por dentes cada vez mais brancos pode virar um vício que leva a pessoa a repetir o tratamento compulsivamente. É a chamada bleachorexia, ou vício em clareamento dental, que pode causar sérios danos para a saúde bucal.

 

– Continua após a publicidade –

 

A dentista Brenda Gugelmin explica que não se deve fazer o tratamento sem antes passar por uma avaliação profissional. “A maioria das pessoas procura o dentista por motivos de estética, mas nem todas as pessoas podem fazer este procedimento.” diz.

 

No clareamento dental, peróxidos são usados para quebrar as moléculas de pigmento presentes no dente e este tende a clarear. Porém a dentista alerta que alguns pacientes são mais sensíveis a estes produtos usados no clareamento e podem apresentar grande sensibilidade durante o tratamento.

 

“Só o dentista pode avaliar se é viável e, inclusive, dar outras alternativas para o paciente.” Segundo Brenda, quem tem muita sensibilidade é alérgico aos componentes do clareador ou possui alguma outra contraindicação ao clareamento. Entretando, pode-se optar por outros métodos estéticos como facetas de resina ou cerâmica.

 

Existe também variação de pessoa para pessoa no resultado; em algumas pode não clarear tanto. E, dependendo do que causou a alteração na cor ou a estrutura dentária, o clareamento pode até não funcionar. Por isso a importância da avaliação por um profissional.

 

E para quem deseja repetir o procedimento, o ideal segundo a dentista é dar um intervalo de um a dois anos. “Algumas pessoas têm resultados muito bons, gostam e ficam viciadas. E essa repetição em curto prazo pode prejudicar o esmalte dos dentes”, explica.

 

Ainda segundo ela, a repetição pode causar o efeito reverso. “O esmalte vai se desgastando e expõe a dentina que é mais escura”, alerta. Outro cuidado é com tratamentos caseiros. “O clareamento agride o dente então deve-se evitar fazê-lo sem acompanhamento profissional”, finaliza.

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.