Hannices

Em frente ao espelho

 

Aquele espelho refletia algo que um dia, já tentaram decifrar.

 

Existia uma certa liberdade em provar do gosto de ser contemplada por gestos e contornos.

 

Refletia versões de uma personalidade forte. E depois de cada pedaço descoberto, sorrisos.

 

Refletia ainda, sua essência, banhada por sentimentos bons.

 

Banhada por olhares que disparou contra o mundo, e que entrecortavam todo espaço que preenchia com sua presença.

 

Isso por entender que a forma como se via, bastava.

 

Toda vez que se olhava de costas, o espelho refletia suas curvas…

 

Tão polidas que o deslizar de seus dedos era perfeito.

 

Eram polidas com doses diárias de amor. As mesmas que engolia a seco quando vislumbrava o desenho de seus lábios.

 

Sensíveis ao toque e, que ansiavam pelo encontro de outro que a fizesse esquentar um pouco mais.

 

Tudo isso, apenas ao se olhar um pouco mais.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.