Papo de Mãe

Ela não é uma mulher invisível

Enquanto você dorme tranquilamente em uma cama confortável, ela está de pé andando pela casa tentando fazer o bebê dormir.

 

Enquanto você faz as suas refeições sentado e muitas vezes mexendo no celular, ela alimenta o bebê e vai comer depois de todo mundo uma comida já fria.

 

Enquanto você assiste seu programa de TV deitado, ela está lavando a louça, estendendo as roupas no varal, juntando o lixo.

 

– Continua após a publicidade –

 

Enquanto você se distrai conversando sobre vários assuntos com amigos no trabalho, ela está em casa seguindo a mesma rotina de todos os dias, escutando Baby Shark pela milésima vez tentando distrair o bebê.

 

Enquanto você toma seu banho demorado, ela se lava correndo uma hora da manhã.

 

Ela é o seu filho (a) limpo quando você chega do trabalho.

 

Ela é a roupa lavada, passada e dobrada em cima da cama.

 

As contas pagas.

 

A casa organizada.

 

A sobremesa que adoça seu dia depois do almoço que ela se esforçou para colocar na mesa no horário em que você chega.

 

Ela é o banheiro cheiroso, o frango com maionese no domingo.

 

Então, pelo amor de Deus, para de achar que ela está atoa em casa. Para de fingir que não vê tudo que ela faz. Para com essa estupidez de achar que ela é invisível.

 

Ela existe! Está aí do seu lado. E ela tem feito tanto que não tem nem tempo de dizer para si mesma que está cansada.

 

E não estou dizendo de cansaço físico, é cansaço mental, é tristeza na alma.

 

Tristeza por não ser vista, não ser enxergada.

 

Tristeza por fazer tantas coisas e ainda ter que ouvir de muitos que não faz nada.

 

Olha ela aí cara! Olha bem nos olhos dela, ela está gritando por dentro, ela está aí e ela quer ser enxergada.

 

Olha o tanto que ela tem feito, reconheça para si que de invisível ela não tem nada, reconheça que a verdade é que ela parece ser um milhão, mas na verdade é uma só.

 

Já passou da hora de parar de fingir que ela é invisível.

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Twitter e curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.