Papo de Mãe

Porque o castigo não funciona?

Estratégia utilizada por muitos pais, mesmo por aqueles que não se sentem bem aplicando essa punição, o castigo é uma tentativa de fazer com que a criança não repita algo considerado inadequado. Será que isso funciona?

 

Vamos entender por que não e como fazer diferente.

 

Você pode até ter aprendido que essa era a melhor forma de educar os filhos, mas estamos aqui para melhorar, certo?

 

As pesquisas mostram que o castigo não faz o comportamento inadequado parar de acontecer.

 

Ele apenas mostra o que a criança não deve fazer, mas não ensina as alternativas (comportamentos saudáveis).

 

Por exemplo, quando você coloca a criança de castigo por brincar com a tomada na sala. Ela pode até não brincar mais naquela tomada, mas continuará a brincar em todas as outras, afinal ela não foi ensinada a brincar com outra coisa.

 

A tendência é você perder a paciência, partir para castigos mais duros e ela encontrar “tomadas” diferentes. Caia fora desse ciclo vicioso!

 

E mais. O castigo funciona para que a atitude não se repita na sua frente. Isso pode lhe passar a impressão de eficácia, mas a criança não está convencida e repetirá a atitude na sua ausência.

 

A ciência mostra que precisamos ser acolhidos nos momentos de frustração.

 

Isolar a criança justamente quando ela está aprendendo que algo não é bom, só mostra que você não está disponível para ajudar e vai passar a ideia de que ela não poderá contar com você em situações difíceis, naquelas que ela ainda nem aprendeu a se virar.

 

O castigo só desconectou seu filho de você. O medo desconecta.

 

Portanto, paciência e persistência para mostrar (várias vezes) alternativas seguras à tomada, por exemplo, um brinquedo com furinhos.

 

Sei que dá trabalho, mas você educa seu filho para que ele saiba o que fazer longe de você. Mostre o caminho.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.