Santa Catarina

Atividade econômica acelera no segundo trimestre em Santa Catarina

 

O Índice de Atividade Econômica de Santa Catarina teve um crescimento de 3,9%. É o que aponta o Boletim de Indicadores Econômico-Fiscais de agosto, lançado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE).

 

O índice foi calculado com base nos indicadores de 12 meses encerrados em junho deste ano, na comparação com o período anterior.

 

– Continua após a publicidade –

 

Esse crescimento mostra uma aceleração da economia estadual no segundo trimestre, já que em março o indicador apontava crescimento de 2,9%. O Brasil cresceu 0,96% no mesmo período, um pouco abaixo da taxa de 2018, de 1,1%.

 

“Santa Catarina vem despontando como um dos estados de maior crescimento nos últimos meses. Temos uma economia diversificada e um ambiente de negócios entre os mais competitivos do país. O Estado mantém a menor taxa de desemprego do Brasil e amplia a oferta de empregos formais, que vem crescendo bem acima da média nacional”, avalia o secretário da SDE, Lucas Esmeraldino.

 

O boletim mostra ainda que nos últimos 12 meses, foram 61,6 mil novos postos de trabalho criados no estado. Além disso, o emprego formal cresceu, até julho, 3,1% em um ano, enquanto no país o crescimento foi de 1,4%.

 

De acordo com o economista da SDE, Paulo Zoldan, os resultados explicam, em grande parte, a melhora na expectativa dos empresários da indústria e do comércio e também da intenção de consumo das famílias.

 

Mais detalhes da evolução da atividade e econômica de Santa Catarina e outros dados fiscais no boletim disponível neste link.

 

Com informações do Governo de Santa Catarina.

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.