Santa Catarina

Projeto de autosserviço em postos de combustíveis ameaça emprego de frentistas

 

A deputada federal de Santa Catarina, Caroline de Toni protocolou projeto de lei para permitir o funcionamento de bombas de autosserviço para que o próprio consumidor abasteça seu veículo, a exemplo do que acontece em outros países.

 

Segundo a proposta da deputada, atualmente todo posto de combustível é obrigado a ter frentistas, o que aumenta encargos e dificulta a redução do preço do combustível.

 

A Federação Nacional dos Empregados em Posto de Serviços de Combustíveis contestou o projeto da deputada, afirmando que a mudança colocaria em risco o emprego de 25 mil frentistas em todo o estado.

 

“Não está na cultura do brasileiro pegar uma bomba e abastecer. Existem medidas de segurança para evitar combustão e exposição ao benzeno. Também não acho que vai diminuir o valor do combustível”, disse o diretor da Federação, Darci Muzzo.

 

– Continua após a publicidade –

 

VER PRIMEIRO

Agora, que tal seguir o nosso Instagram, Twitter ou curtir a nossa página no Facebook? Para que você possa continuar acompanhando os melhores posts sobre Rio Negro e Mafra, diariamente, em suas redes sociais.