Mundo Pet

Cuidado: gripe canina não escolhe estação

 

Também conhecida como tosse dos canis a traqueobronquite infecciosa canina é causada por uma bactéria chamada de Bordetella bronchiseptica, esta doença é mais prevalente na estação do inverno, mas o cão não está livre de adquirir esta doença em outra estação do ano. É uma injuria mais prevalentes do sistema respiratório dos cães.

 

A transmissão ocorre por contato direto ou por aerossóis, com secreção respiratória. A transferência mecânica por meio de calçados e roupas, de utensílios alimentares contaminados e de fômites pode espalhar a infecção no ambiente. Os microorganismos podem permanecer no trato respiratório e ser eliminados por vários meses após a recuperação clínica da doença.

 

– Continua após a publicidade –

 

Os sinais clínicos da infecção desenvolvem-se dentro de três a quatro dias. Os sinais são tosse, asfixia náuseas e moderada secreção oculonasal serosa. Os cães afetados geralmente permanecem ativos, alertas e não febris. A doença é autolimitante, a menos que seja complicada por broncopneumonia, que pode desenvolver-se em filhotes de cães não vacinados ou em animais velhos imunodeficientes.

 

Como controle devemos isolar os cães afetados, corrigir os fatores predisponentes da doença, e realizar a vacinação dos cães.

 

Leve seu melhor amigo ao médico veterinário para vacinação

 

OBRIGADO POR LER

AS NOTÍCIAS DO RIOMAFRA MIX

Com apenas R$ 16,00/mês você recebe em casa o jornal impresso e ainda patrocina o jornalismo com independência e credibilidade. Assine e receba em sua casa o melhor conteúdo!