Robson Komochena

Cotidiano, política, comportamento e a história de Rio Negro, Mafra, Itaiópolis e região sob o olhar polêmico e irreverente do jornalista.

A cultura e o turismo de Rio Negro em 1997 em destaque no “Meu Paraná”

Na época, ainda buscava-se sensibilizar as forças do Estado e da nação para a revitalização do Seminário Seráfico.

 

Desde meados da década de 90, a Rede Paranaense de Televisão (RPC), exibe semanalmente o programa “Meu Paraná”. A atração traz matérias turísticas, destacando as principais belezas do Paraná.

 

Em 1997, as gravações do programa movimentaram Rio Negro. Foram dias de tomadas externas, alunos e fanfarras pelas ruas, grupos folclóricos e vários pontos turísticos em várias tomadas, que reuniram depoimentos e histórias de muitas pessoas.

 

Na época, como aluno do então Colégio Estadual Barão de Antonina, lembro que nos reunimos na praça João Pessoa para cantar o Hino de Rio Negro, provavelmente fazendo parte do coro ouvido no vídeo.

 

Passadas as gravações, foi uma grande expectativa pela veiculação do programa. Destaque para a Ponte Metálica antes da revitalização e o Seminário Seráfico, que segundo palavras do então professor e advogado Alceu Antônio Swarowski (em memória), buscava-se na época sensibilizar as forças do Estado e da nação para transformar o local em patrimônio público que servisse à comunidade rionengrense e paranense.

 

As imagens, gravadas em VHS, foram resgatadas e digitalizadas pelo editor de vídeos Luiz Fernando Anselmo.

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.