Covid-19: Planalto Norte passa de nível gravíssimo para grave nesta quinta-feira

Apesar da redução do nível de risco, essas regiões têm nota 3,0 na classificação do Estado, o que significa que ainda estão perto da definição de risco gravíssimo, que é considerado a partir de 3,1.

Continua após a Publicidade

O novo mapa divulgado pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (5) reduz de 21 para oito as regiões em risco gravíssimo para o novo coronavírus em Santa Catarina.

O Estado passou a ter metade das 16 regiões de saúde em risco grave e a outra metade em risco ainda considerado gravíssimo.

Entre as regiões que tiveram o nível diminuído, estão os 13 municípios do Planalto Norte (Bela Vista do Toldo, Campo Alegre, Canoinhas, Irineópolis, Itaiópolis, Mafra, Major Vieira, Monte Castelo, Papanduva, Porto União, Rio Negrinho, São Bento do Sul e Três Barras), além das regiões da Grande Florianópolis, Xanxerê, Alto Uruguai Catarinense e Oeste.

Apesar da redução do nível de risco, essas regiões têm nota 3,0 na classificação do Estado, o que significa que ainda estão perto da definição de risco gravíssimo, que é considerado a partir de 3,1.

A região do Alto Vale do Rio do Peixe, que até então era considerada de risco grave, teve a classificação aumentada para gravíssimo na atualização desta semana.

O Extremo Oeste, que era a única região do Estado com risco ainda considerado alto (abaixo dos níveis grave e gravíssimo), também teve piora na situação, passando para risco grave.

O mapa é elaborado pela Central de Operações de Emergência em Saúde (Coes), com base em critérios como índice de isolamento social, testagem e isolamento de casos, fluxo de assistência e ampliação de leitos.

Mapa atualizado em 05/08. Fonte: Governo de SC
error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.