Crise dos dois anos: o que é e como lidar com ela?

Nesta fase, as crianças passam a ter mais vontades e as birras se tornam mais comuns.

 

Continua após a Publicidade

De repente, aquele bebê sossegado, carinhoso, que só faz caretas e pelo qual os pais se derretem muda. Gritos, birras e choros incessantes passam a fazer parte do seu comportamento.

 

Segundo a médica pediatra Michelli Kalil, é preciso ter em mente que nos primeiros anos de vida do bebê, ele só engatinha e é totalmente dependente do outro.

 

Apoie nosso jornalismo. Assine o Riomafra Mix, clicando aqui.

 

A partir dos 2 anos, a criança já consegue se expressar e se comunicar. Frases como ‘eu quero’ ou ‘é meu’ passam a ser usadas constantemente e a criança tende a se comportar de modo opositivo às solicitações dos pais.

 

“É preciso ter paciência nesta fase, porque é a partir dos dois anos que começa o processo de educação. Ensinar o que pode ou não, o que é certo ou errado. Isso demanda tempo para a criança assimilar e botar em prática”, disse.

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.