Dor de cabeça na infância: quais as principais causas?

A criança que tem cefaleia pode manifestar a dor muito precocemente, mas na maioria das vezes, as dores são leves e causadas por situações cotidianas.

 

Continua após a Publicidade

No Espaço Família desta semana, a médica pediatra Michelli Kalil recebeu o neuropediatra Lincoln Francisco Nascimento para falar sobre um mal recorrente nos consultórios, a cefaleia (dor de cabeça) em crianças.

 

De acordo com Lincoln, de uma maneira geral, a criança que tem cefaleia pode manifestar a dor muito precocemente, mas na maioria das vezes, as dores são leves e causadas por situações cotidianas.

 

Na maioria dos casos, é recomendado o uso de algum anti-inflamatório. Caso a situação seja recorrente e a dor fique mais intensa, é importante procurar um pediatra e investigar a causa.

 

“Se a gente ver que a dor se torna muito intensa e frequente, é bom verificar se é uma enxaqueca ou uma cefaleia tensional ou até se é uma questão genética ou ambiental”, disse.

 

Segundo o médico, outro fator que contribui para as dores de cabeça é o uso excessivo do smartphones.

 

Para saber mais, confira o vídeo:

 

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.