Psicóloga fala sobre os estigmas da saúde mental

Mesmo com a alta incidência de pessoas afetadas por doenças mentais, o preconceito ainda é uma realidade.

Continua após a Publicidade

 

As doenças relacionadas à saúde mental afetam mais de 400 milhões de pessoas no mundo, mas mesmo com a alta incidência, o preconceito ainda é uma realidade frequente. Não por acaso, são vários os estigmas que envolvem o assunto.

 

Segundo a psicóloga Loriane Heide, muitas pessoas acham que buscar ajuda psiquiátrica é sinônimo de estar louco ou que depressão e ansiedade é “frescura”. “Esses estigmas acabam afastando as pessoas do tratamento que precisam. Não é vergonha precisar de um psicólogo. As pessoas deveriam se orgulhar por estarem procurando ajuda”, disse.

 

Para saber mais, assista ao vídeo:

 

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.