Apenas 1,5% das empresas familiares sobrevivem até a quarta geração

Pesquisas revelam que 65% das empresas que desaparecem no mundo tem como causas principais conflitos sucessórios, pessoais e financeiros.

 

Como dar longevidade para as empresas familiares? Dados apresentados pela Fundação Empreender apontam que apenas 12% das empresas familiares sobrevivem uma geração e outras 1,5% até a quarta geração.

 

Com base nestes dados e com o intuito de auxiliar as empresas, nesta quinta-feira (29), a Associação Empresarial de Mafra (ACIM) participou do lançamento da Escola Internacional de Sucessão Empresarial. Trata-se de uma iniciativa organizada pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, por meio da Fundação Empreender.

 

É fato que empresas de controle familiar enfrentam desafios peculiares e mais complexos que empresas não familiares. Pesquisas revelam que 65% das empresas que desaparecem no mundo tem como causas principais conflitos sucessórios, pessoais e financeiros.

 

Desta forma, o objetivo do programa é preparar os participantes (acionistas, sucessores e fundadores de empresas familiares) para exercerem com excelência as demandas relativas à esta sucessão.

 

O programa tem nível internacional e contará com professores brasileiros e de outros países.

 

A ACIM reitera a importância de estar preparado para os problemas sucessórios e mudanças do setor.

 

 – CONTEÚDO PUBLICITÁRIO –

Conteúdo de responsabilidade do anunciante

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.