Mais uma baixa no governo Maas: procuradora deixa o cargo

Apesar de não ter sido publicada nenhuma portaria no site oficial da Prefeitura sobre a pasta, um novo advogado assumiu o cargo.

Foto: Divulgação

 

Continua após a Publicidade

 

O governo de Emerson Maas sofreu mais um baixa no primeiro escalão em menos de seis meses de gestão.

 

A advogada Patrícia Finamori de Souza Koschinski, nomeada procurada geral desde o início do mandato, deixou o cargo.

 

Apesar de não ter sido publicada nenhuma portaria no site oficial da Prefeitura desligando a servidora e também nenhuma nomeação para a pasta, em seu lugar assumiu Pedro Henrique Brunken Flores. A informação apenas foi alterada na sessão Governo/Secretarias, no site oficial do município.

 

Servidora de carreira na Prefeitura de Rio Negro, Patrícia retomou suas funções, de onde estava em licença não remunerada desde 29 de dezembro de 2020, conforme portaria 1118/2020, revogada no dia 27 de maio.

 

Em outra portaria, também do dia 27, a advogada foi cedida para atuar no Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Rio Negro (Iprerine). A cessão vale até 31 de dezembro 2021, podendo ser prorrogada a pedido do órgão.

 

O novo procurador

Com 28 anos, Pedro é graduado na UnC/Mafra, mestre em Direito pela Unibrasil e cursa MBA na Fundação Getúlio Vargas.

 

O advogado também é professor da Unicesumar há dois anos.

 

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.