Testemunhas dizem que mulher foi morta a chutes em Mafra

A vítima é Alana de Oliveira, 25 anos. Segundo testemunhas, ela recebeu chutes de seu companheiro até morrer. O crime aconteceu na Vila Ferroviária.

Continua após a Publicidade

O principal suspeito de matar Alana de Oliveira, 25 anos – encontrada morta neste domingo (25) em Mafra – teve sua prisão preventiva decretada.

 

O crime ocorreu na própria casa da vítima, na rua Jovino Lima, Vila Ferroviária.

 

A mulher foi encontrada pelos vizinhos, que relatam a situação para uma viatura da Polícia Militar que efetuava rondas na região. A guarnição se deslocou até o local e os policiais constaram que ela já havia entrado em óbito.

 

Diante do histórico recorrente de violência doméstica, foram realizadas buscas na região e a PM encontrou o companheiro da vítima, a pé pela BR-116, próximo a Ponte dos Peixinhos.

 

O delegado da Comarca de Mafra, Lucas Magalhães, informou que o homem foi apontado como o principal suspeito pelo crime. Em depoimento, ele teria negado o crime.

 

Alana teria sido chutada

De acordo com testemunhas, Alana recebeu chutes até morrer.

 

Ainda, segundo informações do delegado, essa também foi a primeira impressão dos peritos, que poderá ser confirmada após sair o laudo da necropsia.

 

Após a prisão, o homem foi encaminhado para o Presídio Regional de Mafra, onde permanece à disposição da Justiça.

 

A Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso continua com as investigações e trabalha com a hipótese de feminicídio.

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.