Marquise da nova Capela Mortuária de Rio Negro desaba

A Prefeitura informou que a Secretaria de Obras realizou vistoria no local e está elaborando um laudo técnico para apuração dos fatos através de sindicância, que já foi determinada.

Faltando menos de um mês para a inauguração da nova Capela Mortuária de Rio Negro, um incidente surpreendeu e deixou os munícipes preocupados recentemente.

Continua após a Publicidade

 

Na madrugada chuvosa do último sábado (28), a marquise da obra desabou.

 

A construção do novo espaço para velórios está sendo feita pela empresa LLC Construção Civil Ltda., com sede na Lapa, vencedora de processo licitatório.

 

 

Sindicância será aberta

Ao Riomafra Mix, a Prefeitura de Rio Negro informou que a equipe técnica da Secretaria de Obras realizou vistoria no local e está elaborando um laudo técnico para apuração dos fatos através de sindicância, que já foi determinada.

 

Ainda, de acordo com a Prefeitura, eventuais responsabilidades e prejuízos deverão ser ressarcidos pela empresa responsável.

 

Segundo o engenheiro Sérgio Luiz Mazalli, coordenador de projetos, o incidente não deve atrasar a inauguração da obra, prevista para este mês.

 

“A marquise foi idealizada como um elemento arquitetônico para uma melhor harmonia da fachada da obra, sendo sua estrutura completamente independente do restante da edificação. Desta forma, a obra está sendo concluída dentro do prazo previsto”, comentou.

 

 

A nova capela

A capela fica na rua Coronel Joaquim Teixeira Saboia, em frente ao Cemitério Municipal de Rio Negro.

 

A estrutura tem 284,44 m² com dois espaços amplos e modernos disponíveis para uso. O valor licitado da obra é de R$ 364.327,09.

error: O conteúdo é de exclusividade do Riomafra Mix.